domingo, 20 de julho de 2008

esperanza!


Ah, não lembro de onde tirei essa imagem, mas foi no orkut ou blogue de alguém indignado e triste, nada muito raro hoje em dia...
Então imagina só, você está andando pela rua e dá de cara com essa inscrição. Se acontecesse comigo- primeira reação: "Puxa, é mesmo!"
A verdade é que todo o mundo guarda um pouquinho de melancolia no coração, que só espera a hora certa de aparecer e tornar o dia um saco.
Eu gostaria de falar aqui do Paulo e da Eliana, que tiveram paralisia infantil e "moram" no Hospital das Clínicas desde os dois anos de idade. Hoje eles são adultos, têm mais de trinta anos. O Paulo é designer, gosta de cinema e de mexer no computador. A Eliana pinta quadros lindos com o pincel na boca!
Li uma reportagem sobre eles dia desses em alguma revista. Acho que não vão se importar por eu ter falado deles aqui sem pedir autorização.
Paulo e Eliana são muito felizes e o mundo para eles é um lugar lindo.
Ei, senhores pixadores: mirem el lado bueno! Afinal, talvez a vida nem seja assim, una puta mierda. Não se a gente não deixar.
E fica aqui uma outra inscrição, essa está em um muro no centro de Guarulhos, ao lado de um desenho mó legal do Jim Morrison!
"A beleza está nos olhos de quem vê." (Confúcio)

3 comentários:

Gabri disse...

Nossa, cara
você escreve umas coisas tão bonitas nesse blog *-*

é, quando eu vejo casos como esse do Paulo e Eliana também fico pensando que eu não dou valor pro que eu tenho...

mas acho que eu to mais pra escrever
"la vida es una puta mierda" do que outra coisa :/

Raphael Markez disse...

Aqui vai umas frases que me ajudaram a entender a vida....

" A vida é dura só pra quem é mole"

"se não der certo, tem a reencarnação"

"O senhor é meu pastor e nada me faltará"

e

"Tá no inferno abraça o capeta"

...diz o ditado q se a gente entender de verdade estas frases a gente fica iluminado ou faz um blog....


Muito o legal o que vc disse !!!

a realidade depende dos nossos olhos ....

Vinícius Cássio disse...

apoiadíssimo!

Digo mais: a beleza não está só nos olhos de quem vê, está no coração.

E viva o "jogo do contente"!

Bjão, Aninha! Tudo de bom sempre e sempre! :)